Publicidade

Reforço do abastecimento de água em comunidades do Rio

O programa consiste na instalação de caixas d'água, conectadas a barrilete com bicas, em áreas de crescimento desordenado


Mais um sistema alternativo para reforço do abastecimento será implementado em comunidades do Rio. Será a vez da localidade Morro Engenho da Rainha, na Zona Norte do Rio, passar a contar com sistema formado por caixa d'água, com capacidade de armazenar até 10 mil litros, e quatro torneiras para uso dos mil moradores da região.

O programa – que visa auxiliar no combate à pandemia de Covid-19 – consiste na instalação de caixas d'água, conectadas a barrilete com bicas, em áreas de crescimento desordenado. As caixas d'água são abastecidas diariamente por caminhões pipa da Companhia que atuam em comunidades.

A medida visa fornecer água para comunidades localizadas em regiões de construções desordenadas, com moradias sem meios de receber e reservar água. A Companhia pede que os moradores consumam água de forma equilibrada e evitem interferir nos equipamentos instalados, sob risco de causar desabastecimento.

Com o reforço no Engenho da Rainha, chega a 18 o número de sistemas alternativos já instalados pelo programa. As ações anteriores beneficiaram a comunidade do Morro do Banco, no Itanhangá; Juramentinho, em Vicente de Carvalho; Muzema, também no Itanhangá; a comunidade do Brejo, na Cidade de Deus; Rio das Pedras, em Jacarepaguá; Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré; Camarista Méier, no Engenho de Dentro; Gringolândia (Ficap 1), na Pavuna; Covanca, em Jacarepaguá; Anil, também em Jacarepaguá; Batan, em Realengo; Vila Kennedy 1 (Vila Progresso); Sertão, em Jacarepaguá; as regiões da Cachopa, Cachopinha e parte baixa do Portão Vermelho, na Rocinha; no Jordão, em Jacarepaguá;  na comunidade da Fazenda, no Alto da Boa Vista, e na comunidade Nova Palestina, em Santa Cruz. A ação também está sendo programada para outras comunidades.

Publicidade