Busca



Ainda não possui cadastro? Clique Aqui
  
TAE - Nova Opersan renova licença ambiental e inclui tratamento de chorume no Rio de Janeiro
Tratamento de Efluentes

Data da Notícia: 23/12/2016
Fonte: www.revistafatorbrasil.com.br

Nova Opersan renova licença ambiental e inclui tratamento de chorume no Rio de Janeiro



Esta notícia já foi visualizada 1023 vezes.

Especializada em soluções ambientais, companhia reúne autorização para tratamento de todos os efluentes industrias e sanitários.

A Nova Opersan, empresa especializada em soluções ambientais para o tratamento de águas e efluentes, acaba de renovar a Licença Municipal de Recuperação e Operação (LMRO), expedida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC) do Rio de Janeiro. Com validade até 2018, a renovação envolve a autorização para tratar efluentes líquidos industriais e sanitários, incluindo o lixiviado de aterro sanitário, popularmente chamado de chorume.

O chorume possui grandes concentrações de metais pesados e substâncias tóxicas, é altamente poluente e não pode ser descartado diretamente no meio ambiente. Antes do descarte, ele precisa ser devidamente tratado para evitar a contaminação dos lençóis freáticos. “Em algumas regiões do País, há uma legislação específica para tratar o chorume. Esta preocupação deve-se aos elevados riscos de contaminação envolvidos. A renovação da licença obtida pela Nova Opersan certifica a nossa expertise com este efluente também”, explica José Fernando Rodrigues, CEO da empresa.

O tratamento do lixiviado de aterro sanitário será realizado pela Central de Tratamento Offsite (CTO) localizada no Distrito Industrial de Santa Cruz. A unidade, quando adquirida pela Nova Opersan, em novembro de 2013, já detinha toda a tecnologia necessária para receber e tratar efluentes industriais e sanitários em suas instalações, garantindo o descarte de acordo com o plano de monitoramento solicitado pelo órgão ambiental competente (INEA). A unidade também já estava enquadrada nas resoluções Conama 430 e NT 202 e no Programa de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano — Proágua.

Segundo Silvio Monteiro, coordenador comercial OffSite do Rio de Janeiro, para o tratamento do chorume e todos os demais efluentes, é realizada uma caracterização análitica prévia, visando definir a rota de tratabilidade. “Realizamos as análises em laboratórios credenciados pelo INEA, monitorando os parâmetros requeridos nas diretrizes e normas técnicas que regulamentam o negócio”, afirma.

Estas informações, de acordo com Monteiro, são essenciais para que os especialistas da empresa executem o processo de tratamento do efluente de forma adequada, garantindo o enquadramento dos parâmetros técnicos estabelecidos pelos órgãos ambientais. “Considerando que efluentes com carga orgânica contribuem positivamente no processo de tratamento do chorume, buscamos novos negócios com os principais gerenciadores deste tipo de efluente, normalmente gerado em alguns segmentos indutriais e grandes condomínios residenciais e comerciais, shopping e em grandes eventos ao ar livre e obras”, destaca.

Com mais de 700 clientes de diferentes portes e áreas de atuação, a Nova Opersan possui seis Centrais de Tratamento Offisite em todo o País, sendo três no interior de São Paulo, uma em Santa Catarina, Rio de Janeiro e Bahia. Sempre atendendo às normas ambientais vigentes, estaduais e federais, e com capacidade para tratar todos os tipos de efluentes, a proposta é assumir a responsabilidade por toda a gestão ambiental e os processos de tratamento de águas e efluentes dos clientes.

Sobre a Nova Opersan: Fundada em 2012, a Nova Opersan é uma empresa especializada em soluções ambientais para o tratamento águas e efluentes. Resultado da associação entre o Patria Investimentos, gestora de recursos de fundos de private equity, com a Enasa — especialista em projeto e construção de sistemas de tratamento — e a Opersan Resíduos - com foco em tratamento de efluentes Offsite -, a companhia leva ao mercado uma expertise única, que engloba elaboração do projeto, construção e operação de unidades de tratamento. Com mais de 700 clientes de diferentes portes e segmentos e com as certificações ISO 9001, ISO 14001 e ISO IEC 17025 a Nova Opersan aposta nas soluções customizadas, ambientalmente sustentáveis e economicamente vantajosas para atender as necessidades do mercado corporativo.


Saiba Mais >>
 
Comentários desta notícia
Esta notícia ainda não possui nenhum comentário
 

Para comentar esta matéria é necessário estar logado, caso não possua login, clique aqui para realizar o seu cadastro!

  Login Senha
Água
Mercado
Novidades
Reúso de Água
Saneamento
Tratamento de Água
Tratamento de Efluentes

....................................................................................................................................................................................................................................................
 
sobre a revista              assine              anuncie              como receber              última edição              edições anteriores              fale conosco