REVISTA TAE - Para acelerar o processo de automação de ETAS e ETES, smartphones, tablets e outros dispositivos entram em cena
Edição Nº 21 - outubro/novembro de 2014 - Ano IV
Esta notícia já foi visualizada 6270 vezes.


Para acelerar o processo de automação de ETAS e ETES, smartphones, tablets e outros dispositivos entram em cena



por Cristiane Rubim

Muitas são as novidades no mercado para automação de estações de tratamento de água e de esgoto. Entre elas, a utilização de smartphones, tablets e celulares para agilizar e facilitar cada vez mais a operação de todo o sistema. Mesmo assim, a automação nas ETAs e ETEs ainda é um campo a ser muito explorado pelo mercado, empresas, órgãos ligados ao setor e universidades.
“Ainda não é amplamente utilizada no tratamento de água ou de esgoto. Existem, sim, muitas iniciativas. Nós mesmos temos implantado várias automações em estações de tratamento, tanto na dosagem de produtos como na captação, lavagem de filtros e distribuição. Mas não é muito comum fora dos grandes centros”, relata S ...



CONTEÚDO RESTRITO A ASSINANTES


Para continuar a ler o texto na íntegra
é necessário ser assinante do portal


Já sou cadastrado


Assine o portal TAE

Tenha acesso exclusivo a todo conteúdo do site gratuitamente

Publicidade