REVISTA TAE - SAMAR levará água do rio Tietê para a população de Araçatuba

Esta notícia já foi visualizada 10282 vezes.

SAMAR levará água do rio Tietê para a população de Araçatuba

Data:18/06/2013- Fonte:Assessoria de Imprensa

A SAMAR inaugurou Estação de Tratamento de Água que beneficiará diretamente, na primeira fase, 50 mil moradores de Araçatuba (SP), a primeira cidade não ribeirinha a captar água do Rio Tietê.

 

A SAMAR - Soluções Ambientais de Araçatuba - empresa do grupo OAS, inaugurou na manhã de sábado, dia 15 de junho, a nova Estação de Tratamento de Água na cidade do interior paulista, a ETA-Tietê "José Marques Lopes", sistema que irá aumentar em 8% a oferta diária de água tratada, beneficiando diretamente cerca de 50 mil moradores nesta etapa de pré-operação. A solenidade contou com a presença de secretários municipais, vereadores, empresários, funcionários da empresa e moradores próximos à estação.  

Inicialmente, a ETA-Tietê deverá produzir cinco milhões de litros de água por dia, que vai complementar o abastecimento da zona norte da cidade, atualmente atendida por poço profundo. A nova estação terá capacidade total de operar até 24 milhões de litros de água diariamente. O projeto visa ainda sanar problemas de desabastecimento devido à sobrecarga do ribeirão Baguaçu, que já abastece parte do município, bem como  do Aquífero Guarani, maior reserva de água doce do mundo.

O prefeito da cidade, Cido Sério, em seu discurso durante a inauguração, ressaltou a importância da concessão do serviço de água e esgotamento sanitário de Araçatuba para a SAMAR, que em sete meses de atuação entregou a nova estação. "A captação da água do Tietê para abastecimento da cidade é um antigo sonho araçatubense e de extrema importância para a população. Espero que cada um de nós, principalmente os moradores da zona norte, não sofram mais com o drama do desabastecimento de água." Após seu discurso, o prefeito acionou um mecanismo que fez jorrar água do rio Tietê numa cascata instalada no palco.

O presidente da SAMAR, Renato de Faria, destacou a regularidade no abastecimento a partir de agora e que a expectativa é ampliar o atendimento para os demais bairros da cidade. "O sistema do Tietê também está preparado para abastecer com água bruta as indústrias existentes na cidade e aquelas que serão instaladas em Araçatuba, contribuindo com o crescimento da cidade. O resultado deste projeto é gerar mais saúde para a cidade e oferecer o melhor atendimento aos araçatubenses", afirma Renato de Faria, presidente da SAMAR.

O diretor superintendente da OAS Soluções Ambientais, Louzival Mascarenhas Junior, destacou que a meta da gestão é atingir, em cinco anos, índices de 100% nos serviços prestados ao consumidor e oferecer soluções para o tratamento de esgoto e para as perdas de água e vazamentos. "Devemos destacar ainda a qualidade dessa água que será oferecida pela SAMAR, a regularidade no abastecimento e, futuramente ampliando o fornecimento dessa água limpa e cristalina para toda a cidade", ressalta.

Durante a cerimônia de inauguração da ETA-Tietê, foi anunciado também outro projeto da SAMAR para Araçatuba: a construção do Parque Ambiental Tietê, que beneficiará e levará qualidade de vida aos moradores da cidade. A nova área será construída no local aonde seriam implantados tanques para secagem de resíduos ao lado da nova estação de tratamento de água, que foi substituído pelo projeto de secagem compactado. As obras e o projeto foram desenvolvidos pela empresa e inclui a construção de espaço verde com área de descanso, playground, academia ao ar livre, área de alongamento e praça de convivência.   

 

SAMAR  

A empresa Soluções Ambientais de Araçatuba (SAMAR) é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) criada pela OAS Soluções Ambientais, empresa do grupo OAS, com o objetivo de prestar serviços de água e esgoto para o município de Araçatuba/SP. A empresa obteve concessão de 30 anos para administrar todo o saneamento da cidade a partir de processo licitatório promovido pela Prefeitura Municipal, em novembro de 2012. A SAMAR é hoje responsável por aproximadamente 70 mil ligações de água e esgoto em todo o município e pelo tratamento de uma média de 1 bilhão e 900 milhões de litros de água por mês.

A ação da SAMAR nos primeiros meses de trabalho foi rápida e significativa com a mudança de padrão no atendimento ao consumidor e modernização da frota. A SAMAR também se empenha no combate ao desperdício de água e sua redução torna-se um dos compromissos da empresa para o consumidor, tudo isso significa mais água na torneira, com manutenção do serviço pleno e abastecimento de água e um esgoto mais bem tratado, proporcionando mais saúde para a população de Araçatuba.

 

A SAMAR em números

- 70 mil ligações de água e esgoto de Araçatuba

- 66 milhões de litros de água/dia                                                                                        

- 1 bilhão e 900 milhões de litros de água/mês

Captação

- 70 % ribeirão Baguaçu

- 30% poços profundos Juçara e Ipanema

- 8 milhões de litros/dia - Poço Juçara

- 10 milhões de litros de água/dia- Poço Ipanema

- Bairros beneficiados com ETA-Tietê: mais de 32 bairros (aproximadamente 50 mil habitantes)

- ETA-Tietê - aumenta de imediato em torno 8% na distribuição de água do município

- 5 milhões de litros/dia - captação atual  do Tietê 

- Capacidade ETA-Tietê- 24 milhões de litros/dia

 

OAS Soluções Ambientais

A OAS Soluções Ambientais concentra todos os projetos desenvolvidos pela OAS nesse segmento, voltados aos setores público e privado. Com alternativas eficientes e sustentáveis para sistemas de abastecimento, coleta, tratamento e distribuição de água e esgotamento sanitário, e gestão ambiental de resíduos industriais - a OAS Soluções Ambientais acumula a experiência adquirida pela OAS na prestação de serviços para os principais operadores do setor, seja no Brasil ou no exterior. Tendo como objetivo buscar as melhores práticas e as tecnologias mais avançadas, tornando-se uma das maiores operadoras privadas do Brasil, a OAS Soluções Ambientais conta com dois importantes ativos: a SAMAR, que detém a concessão dos serviços de água e esgotamento sanitário no município de Araçatuba (SP), com mais de 180 mil habitantes, e a Epasa, concessionária que fornece, por ano, um volume de água superior 48 milhões de metros cúbicos, para atender a mais de 8 milhões de usuários em Lima, a  c apital peruana.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade