REVISTA TAE - Nova Odessa amplia combate às perdas com troca de redes de água

Esta notícia já foi visualizada 643 vezes.

Nova Odessa amplia combate às perdas com troca de redes de água

Data:19/04/2017- Fonte:Assessoria de Imprensa Coden/Consórcio PCJ

Autoridades e moradores do Jardim São Jorge, da cidade de Nova Odessa, associada ao Consórcio PCJ acompanharam, nesta quarta-feira (19), a cerimônia de início da obra de substituição de toda a rede de distribuição e de ligações domiciliares de água do bairro. A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) investe R$ 5,299 milhões para trocar 1.595 ligações e substituir 11,7 quilômetros de tubos, alcançando uma população estimada em 7.745 pessoas.

O presidente do Consórcio PCJ e prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, além de vereadores e o diretor-presidente da Coden, Ricardo Ongaro, estiveram ao lado da praça do bairro com autoridades dos órgãos responsáveis pela liberação dos recursos do contrato da Caixa Econômica Federal, Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ.

O recurso de R$ 4,655 milhões é oriundo da cobrança federal pelo uso da água, com a contrapartida municipal de R$ 644,3 mil. O objetivo na troca de rede é evitar vazamentos para reduzir as perdas físicas de água tratada. As tubulações de PVC, da rede, e de ferro galvanizado, das ligações domiciliares, serão substituídas por PEAD (Polietileno de Alta Densidade), material com maior durabilidade, menor risco de vazamento e garantia de 100 anos.

A obra deve ser executada em 12 meses pela empresa Cadre Engenharia, com previsão de trocar 11,762 mil metros de tubos e usando o Método Não-Destrutivo (MND), sem abrir valas contínuas no asfalto, minimizando transtornos ao tráfego de veículos e pedestres, além do acesso aos imóveis próximos. As ligações aéreas provisórias (By Pass) já estão sendo instaladas nos postes e fachadas dos imóveis, mantendo o abastecimento do bairro.

Modernizar – Segundo o gerente do Departamento Técnico da Coden, Eric Padela, a obra é necessária para modernizar a atual rede de distribuição de água e derivações, em partes executada em ferro galvanizado. “Devido ao desnível geométrico entre o reservatório e a localização do bairro, há um histórico de altas pressões na rede de distribuição de água tratada, ocasionando rompimentos. Então solicitamos recursos financeiros para atender a demanda local”, explica Padela.

Recentemente as perdas de água tratada na rede em Nova Odessa foram reduzidas para 28%. “Queremos, com essa obra, contribuir para em breve chegarmos aos 20%, que é a meta do Plano Diretor de Combate às Perdas de Água Tratada até o ano 2020”, destaca o dirigente da Coden, Ricardo Ongaro. A estimativa é que, apenas com essa obra, as perdas do bairro não ultrapassem os 5%.

Presidente do Consórcio PCJ, o Prefeito Bill destaca a importância da obra. “São mais de 5 milhões de reais investidos em um único bairro, para trocar as redes antigas e diminuir as perdas de água tratada, economizando este bem tão precioso que é a água”, ressalta. “Apesar de grandiosa, é uma obra que fica debaixo da terra e acaba pouco vista aos olhos do público. Mas fazemos questão de investir pra trazer melhor qualidade de vida à população atual e as futuras gerações”, finaliza.

O Plano Diretor já soma mais de R$ 30 milhões em investimentos para a redução de perdas de água tratada no Município, que na época de sua implantação eram de quase 50%. Entre as benfeitorias implantadas estão troca de rede no Centro e jardins Flórida, Fadel, Santa Rosa, Bela Vista, Éden e São Manoel, além da substituição de adutoras e de hidrômetros, o controle de pressões e a setorização.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade